Noite de Natal

Era noite de Natal
E a alegria reinava naquela casa distante
As famílias se juntaram e alegres se abraçaram
Com amor e comoção

A ceia estava servida
Muito simples, bem cheirosa
No meio da mesa havia
Um lindo ramo de rosas

De repente alguém bateu
Joãozinho foi abrir
E uma simples velhinha
Estava quase a cair

Joãozinho a ajudou
E com seus braços abraçou
Aquela santa velhinha

Entre lágrimas ela disse:
Sou uma pobre mulher
Sou uma velha que ninguém quer

Com custo lá vou andando
Com tristeza vou pedindo
Esmolas a toda a gente
Os bondosos lá me dão
Os maus, correm comigo

Com amor João sorriu
E um beijo lhe pediu
Seus olhares se encontraram
E nos de João se via, fortaleza e decisão
E nos da pobre velhinha, ansiedade, comoção

Anda comigo avózinha
Assim te irei chamar
Vamos cear todos juntos
É teu o melhor lugar

Seus familiares estavam
Comovidos e contentes
Agradeciam a Deus
Aquele belo presente

E dentro daquela casa
Não paravam de falar
Tinha ganho uma velhinha
E esta o seu novo lar

Maria do Céu

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s