O Parecer Não é Ser

O parecer não é ser
Daí é que está o mal
O interior ninguém vê
É o engano fatal
Fazendo suposições
São tropeços e baldões
Uns têm muitos tostões
Fazem-se, julgam-se
Grandes mestres sabedores
São tão bem bons faladores
Parecendo até pastores
Do bem e do amor
Mas lá bem no interior
Escondido bem guardado
Está o mal humorado
Sem respeito por ninguém
Palavras feias que ofendem
Há nossa mente se prendem
Para não esquecer
Que o parecer não é ser
E o nosso interior
Nunca se deixará ver.

Maria do Céu

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s