Amigo

Sinto fome, sinto sede
Arrepios e muito medo
Deste grande labirinto
Onde eu estou metido.
Entrei, mas sair
Eu não consigo
Lamento, choro
Já me encontro perdido
Batalho, piso a neve
Piso orvalho
Pareço estar num baralho
Andando de mão em mão.
Preciso de muito amor
Preciso de protecção
Sofro, choro, corro, grito
E volto ao mesmo sítio.
É tão grande a tentação
Que já me sinto despido
Dos valores que possuía
E andavam sempre comigo.
Estendo braço, abro a mão
E me encontro pedindo
Mais amor e protecção
Ansiando, desejando
Que alguém me leve consigo
Que me ajude e me proteja
E depois possa dizer
Amigo: Seja bem vindo.

Maria do Céu

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s