Contratempos

I
Dizes que és forte
Que tens fé e paciência
Mas se há contra tempo
Desfaleces,
E é o cabo das tormentas

II
Não podemos ser assim
Caír com um encontrão
Mas sim reunir as forças
Ser forte como um vulcão

III
Prender toda a nossa força
Bem dentro da nossa mão
Aumentar a nossa fé
Bem fundo no coração

Maria do Céu

Anúncios