Cowboy Experiente

Sou um cowboy experiente
Tenho um rancho em Portugal
Fico contente e feliz quando vou ao arraial

Sou do Texas mexicano
Sou um grande dançarino
Gosto de cantar à lua
E tocar um violino

Danço rumbas, danço marchas
Danço o tango, danço a valsa
Danço a salsa e não só
Pois também canto

Faço as minhas canções
Para tocar corações
De quem esteja a ouvir
Pego em meu violão
Cantando, tocando com o coração
Fazendo a alma sentir
Paz, amor e alegria
E a magia da música
Faz a doce e tão linda melodia

Gosto de andar a cavalo
Dando as minhas cavalgadas
Umas vezes a galope
Outras vezes moderadas

Preciso de respirar o ar puro da manhã
Dando uma caminhada
E poder apreciar, a beleza o encanto
Do raiar da madrugada

No meu rancho há alegria
Compreensão, há amor
E também muito carinho
Há um beijo em cada flor
Sempre à beira do caminho

E à noite a linda luz do luar
Vou cantando, vou tocando
O meu belo violino
Porque sinto e porque sei
Que este é o meu destino.

Maria do Céu

Anúncios

Virtudes

I
As palavras que se dizem
Somente para magoar
Esquecendo que existe
A palavra verbo amar

II
Feliz daquele que conserva
Amor em seu coração
Para poder ajudar
Em qualquer ocasião

III
O amor é como a luz
O carinho uma doçura
Amizade é sempre um bem
Pra desfazer a amargura

IV
Ser bondoso é uma virtude
O ser humilde também
Ser honesto e cauteloso
Nunca fez mal a ninguém

V
Procuremos todos ter
Estas virtudes tão belas
Para não acontecer
Voarem pela janela

Maria do Céu